Atendimento do SOS Rua de Campinas aumenta 50% por conta do frio – cotidiano

[ad_1]

Frio deve se intensificar ainda nesta semana (Foto: Denny Cesare / Código19)

Os atendimentos mensais das equipes do SOS Rua de Campinas aumentaram em 50% desde o início da Operação Inverno, executado em 1º de maio. De acordo com a Prefeitura, o número subiu de 600 para 900 acolhimentos. Essa ação segue até o fim de setembro. Neste período de frio, o horário noturno de abordagem das pessoas em situação de rua foi ampliado em duas horas, passou a ser das 18h à meia-noite.

"A meta da Prefeitura de Campinas é acolher todos os que precisem e queiram ajuda. Nossas equipes estão se desdobrando para oferecer o acolhimento necessário à população em situação de rua", afirmou Vandecleya Moro, secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.

Ainda nesta semana, um homem em situação de rua foi encontrado morto embaixo do viaduto São Paulo, conhecido como "Laurão". Os legistas apuram se a causa da morte foi a baixa temperatura registrada na madrugada, de 11,6 ° C segundo o Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp.

De acordo com a Prefeitura, o objetivo da Operação Inverno é acolher como pessoas em situação de rua e, se elas aceitarem, encaminhar aos serviços de rede de proteção, de assistência social (albergue) e de saúde do município.

As equipes entregam cobertores aos que recusam acolhimento no albergue. Desde o início da Operação Inverno até o momento foram distribuídas 3.764 cobertores. Nesta semana, há também uma previsão de que as atualizações voltarão a cair (leia mais abaixo).

MAIS FRIO

A previsão do tempo do Cepagri em Campinas informa ainda que precisa um novo declínio a partir desta quinta-feira (17), quando os termômetros devem chegar aos 10ºC. Isso ocorre devido a uma passagem de uma frente fria pelo oceano, apesar de não provocar chuvas ou aumento expressivo na cobertura de nuvens na região, permitindo a entrada de um ar mais frio entre a quinta e sexta-feira.

"A frente fria deve provocar chuva mais para a faixa do Litoral, uma chuva mais isolada, mas vai permitir – na sequência da passagem da frente – a entrada de um ar mais frio para boa parte do estado. cerca de 2 graus, inclusive aqui na região de Campinas ", disse o meteorologista do Cepagri Bruno Bainy.

EM MAIO

No fim de maio, o clima frio de Outono se intensificou e já havia feito crescer a procura do albergue municipal, conhecido como Samim. Na época, uma cidade registrou a temperatura mais baixa do ano, quando os termômetros marcaram 7,9ºC.

Levantamento da Administração apontou que o albergue municipal acolheu em média 62 pessoas por dia durante o mês de abril. Já em maio, o número subiu para 75 pessoas. Um aumento de cerca de 21% em relação ao mês anterior.

[ad_2]

Fonte: Post Original

Desentupidora Campinas

Alugue este Site, R$ 8,33

NÃO ESTAMOS MAIS TRABALHANDO EM CAMPINAS. Que tal você começar um novo negocio ou para você que já tem uma DESENTUPIDORA por um valor simbólico ter dois sites com uma cartela de cliente já formada e com um nome forte DESENTUPIDORA CAMPINAS