Pequena empresa fatura fabricando máquinas desentupidoras

[ad_1]

Uma pequena empresa de São Paulo fatura alto fabricando máquinas desentupidoras. O equipamento pode ser um aliado para quem quer oferecer serviço de limpeza e manutenção de esgotos. As máquinas são de vários modelos, inclusive, uma portátil.

O implemento Alexandre Polli fabrica máquinas desentupidoras há 11 anos. São quatro modelos: o mais simples, com manual do sistema, é indicado para serviços caseiros. A máquina é leve, feita em plástico e pesa apenas sete quilos.

Já os outros modelos são indicados para serviços mais pesados, como a limpeza e manutenção de esgotos em condomínios, restaurantes e indústrias. Os equipamentos são fáceis de operar – funcionam com motor elétrico e são fabricados em aço e alumínio.

“Nós conhecemos o aço por ter uma qualidade, uma durabilidade bem maior, tendo uma vida útil longa, o alumínio em determinadas peças para a máquina ficar mais leve, não tão pesada para locomover durante o dia”, diz Polli.

A usinagem das peças que compõem uma máquina é feita fora da empresa. Alexandre Polli optou por terceirizar a mão de obra para baratear custos da produção e, com isso, conseguiu enxugar a folha de pagamento e diminuir os gastos em 60%.

Na fábrica, trabalham apenas dois funcionários na linha de produção, onde as peças ganham acabamento, são lixadas, soldadas e furadas. Depois, as máquinas adequadas um cabo espiral de aço e, por fim, são colocadas em carrinhos para facilitar o manuseio.

“Terceirizando nós ganhamos mais tempo e produzimos mais máquinas desentupidoras, assim agilizando a entrega dessas máquinas. Quando o pedido chega, normalmente essas máquinas já estão no estoque ”, diz o professor.

Por mês, a empresa fabrica cerca de 20 máquinas. Os preços variam entre R $ 750, o modelo caseiro, e R $ 3,5 mil o modelo profissional, que é o mais procurado pelos clientes. O faturamento mensal é de R $ 60 mil.

Para montar uma pequena empresa de máquinas desentupidoras, o investimento é de R $ 150 mil.

“Esse é um negócio que vem crescendo bastante a mão de obra, e tem bastante serviço de desentupimento. Hoje um prestador de serviço ou alguém que saia de alguma empresa e quer montar uma empresa pequena é um bom setor ”, diz Polli.

O implemento vende como máquinas para todo Brasil, por meio de revendedores autorizados. São mais de 10 pontos espalhados pelo país.

Em uso
Na loja de Valdecir Gonzaga, a máquina especializada para serviços profissionais representa cerca de 80% do faturamento.Ele revende em média 10 máquinas desentupidoras por mês.

José Luis da Silva, prestador de serviço, comprou três máquinas desentupidoras fabricadas por Alexandre Polli. Ele fatura cerca de R $ 15 mil por mês atendendo a condomínios, em São Paulo.

“O serviço é rápido e seguro. Uma máquina desentope esgotos com tubos de até 80 metros. Em menos de uma hora, a manutenção da rede está pronta. Os serviços custam a partir de R $ 400 e podem chegar a R $ 3 mil ”, diz Valdecir.

A procura máquinas desentupidoras cresce cerca de 10% ao ano. Para o empresário Alexandre Polli, o bom resultado no mercado está ligado à praticidade dos equipamentos que fabrica.

“Hoje você tendo uma máquina de desentupir você ganha em limpeza, tem entupimento você não precisa quebrar o piso, você não tem uma mão de obra e sujeira. Com uma ou duas horas você desentope um tubo ”, diz ele.

[ad_2]

Fonte: Post Original